Cliria disponibiliza método de rastreio cancro do cólon e recto

Cliria disponibiliza método de rastreio cancro do cólon e recto

O cancro do cólon e recto (CCR) é o mais frequente em Portugal. Em 2002 foi a primeira causa de morte por doença maligna. O rastreio do cancro do cólon e recto, que tem como objectivo a detecção precoce da doença e vigiar casos de risco, permite reduzir a mortalidade associada a esta doença. Além da idade, a história familiar de pólipos e/ou CCR encontram-se entre os factores de risco mais importantes.

De acordo com a Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva o rastreio do CCR deve consistir no seguinte:

  • Colonoscopia esquerda, cada 5 anos, com início aos 50 anos, para a população de risco padrão, isto é, todas as pessoas com idade superior a 50 anos e sem história pessoal ou familiar de CCR 
  • Colonoscopia total, cada 5 anos, com início aos 40 anos de idade, para a população de risco aumentado, tendo em conta história pessoal e familiar.

Na Cliria - Hospital Privado de Aveiro disponibiliza é possível realizar, mediante prescrição médica e marcação prévia estes exames endoscópicos de rastreio do CCR.