Voltar

Diversificação alimentar

O leite materno é o melhor alimento para o bebé. A amamentação tem vantagens também para a mãe!

Até aos quatro meses de idade, o bebé deve ser alimentado apenas com leite, preferencialmente materno.

Quando, por qualquer razão, a mãe não pode amamentar o bebé, é necessário recorrer a um leite próprio para lactentes; para os bebés prematuros ou com problemas existem formulações especiais. Os leites destinados a substituir o leite materno designam-se leites adaptados.

A diversificação alimentar inicia-se geralmente cerca dos quatro meses de idade. A ordem em que os novos alimentos são introduzidos na dieta não é rígida, o regime alimentar deve ser adaptado às necessidades e preferências de cada criança. Em termos globais, podem ser seguidas as orientações e regras abaixo indicadas:

O início da diversificação alimentar

Comece por substituir uma das refeições diárias de leite por papa sem glúten.
As papas não lácteas (que não têm leite na sua formulação) são preparadas com o leite que o bebé toma habitualmente; as papas lácteas (que já têm leite na sua formulação) são preparadas com água e são as preferidas para os bebés alimentados com o leite da mãe. Não junte papa ao leite do biberão; dê sempre a papa ao bebé à colher.

Passadas uma a duas semanas

Substitua outra refeição de leite por uma sopa de legumes reduzidos a puré, confecionada em casa. Para a primeira sopa use apenas batata e cenoura; três a quatro dias depois, comece a introdução de outros legumes (por exemplo, alface, abóbora, agrião, alho francês, feijão verde, brócolos, couve-flor). Respeite um intervalo de uma semana entre a introdução de cada legume novo. Tempere a sopa com um pouco de azeite, adicionado no final da cozedura. Não use espinafres, nabo, beterraba, tomate, cebola e leguminosas na sopa do bebé. Não adicione sal. Em média, o bebé deve comer inicialmente 150 a 180 mL de sopa, quantidade que depois deve ser aumentada progressivamente.

Uma semana depois da primeira sopa

Comece a dar fruta: maçã ou pera crua (ralada ou esmagada), cozida ou assada, ou banana bem madura, na mesma refeição da sopa.

Aos cinco meses de idade

Inclua carne na sopa, numa quantidade de cerca de 20 g por refeição (equivalente a uma colher de sopa de carne picada). Comece por carnes magras (frango, peru) e só depois passe para o borrego, vaca e coelho. A carne deve ser cozida em separado e o caldo não deve ser aproveitado para o bebé.

Aos seis meses de idade

Pode começar a usar papas com glúten e a oferecer novos frutos (uvas e ameixas).

Aos oito meses de idade

Nesta altura o bebé deve começar a comer duas refeições diárias de sopa, carne e fruta; os alimentos devem ser cada vez menos triturados. Pode começar a oferecer iogurte natural, a que pode acrescentar fruta madura ralada. Pode também oferecer outros frutos como melão, meloa, manga e papaia. Não dê citrinos, kiwis, morangos, amoras e framboesas.

Aos nove a 10 meses de idade

Comece a introduzir peixe (pescada, maruca, solha ou linguado), fresco ou congelado, numa quantidade de cerca de 20 g por refeição. O peixe deverá ser cozido separadamente da sopa e ser oferecido misturado com esta. Pode também começar a dar gema de ovo cozida (começar por um quarto de gema, depois meia e mais tarde a gema inteira), não ultrapassando duas a três vezes por semana. Pode oferecer queijo de tipo flamengo.

Aos 12 meses de idade

Nesta altura, o leite pode ser alterado para outro adequado à idade. Pode introduzir na dieta leguminosas (por exemplo, feijão, grão e lentilhas), citrinos, ovo inteiro e carne de porco magra. Os alimentos devem ser dados em pequenos pedaços e separados por sabores, ou seja, a sopa, o segundo prato e a fruta. A partir de agora, a dieta da criança será progressivamente semelhante à da família.

Algumas regras adicionais

  • Nos intervalos das refeições ofereça água ao bebé.
  • Até aos 6 meses de idade use sempre água fervida.
  • Não introduza alimentos novos na dieta com intervalos inferiores a uma semana.
  • Não adicione açúcar, mel ou qualquer outro produto adoçante aos alimentos.
  • Durante o primeiro ano de vida não ofereça guloseimas nem adicione sal aos alimentos.
  • Antes dos 15 meses de idade não ofereça morangos, amoras, framboesas, kiwis, doces, enchidos e marisco e não adicione condimentos aos alimentos.