Unidade de Dor

A Unidade de Dor está vocacionada para a abordagem da dor crónica nas suas várias vertentes.

A Unidade de Dor do Hospital da Luz Clínica de Amarante está integrada no Departamento de Anestesiologia e é uma unidade multidisciplinar vocacionada para o tratamento da dor crónica nas suas diferentes vertentes.

O benefício do tratamento da dor advém da capacidade que os clínicos têm para diagnosticar a sua causa e para avaliar o impacto que ela pode causar na integridade das pessoas.

Neste contexto, o Hospital da Luz Clínica  de Amarante, dotada de recursos tecnológicos modernos e recursos humanos de excelência, oferece através da Unidade de Dor uma abordagem multidisciplinar de todas as situações de dor, centrada nas especificidades de cada caso e nas características de cada doente.

À Unidade de Dor do Hospital da Luz Clínica  de Amarante têm acesso todos os que necessitem de assistência nesta área, quer individualmente, quer por referenciação do seu médico assistente.

O médico anestesiologista do Hospital da Luz Clínica de Amarante responsável pela Consulta de Dor é:

  • Dr. Diamantino Pereira

O pedido de marcação desta consulta em www.hospitaldaluz.pt/amarante deve ser feito escolhendo a especialidade Anestesiologia e referindo a Consulta de Dor no campo de Observações. 

Outras formas de marcação: clique aqui  

  • Condições médicas tratadas mais frequentemente na unidade de dor

    • Dor muscular
    • Dor miofascial
    • Neuvralgia do trigémio
    • Dor ombro e mão
    • Dor intercostal
    • Dor na coluna
    • Cefaleias de origem cervical
    • Dor cervical
    • Dor cervical após “golpe de coelho”
    • Dor torácica
    • Dor lombar
    • Dor sacroilíaca
    • Dor pélvica
    • Dor articular da anca e joelho
    • Dor pós-cirúrgica
    • Fibromialgia
    • Dor neuropática
    • Dor complexa regional
    • Dor após zona (Herpes zoster)

  • Procedimentos realizados na unidade de dor

    • Terapêutica medicamentosa
    • Injeção epidural: interlaminar / transforaminal
    • Bloqueios nervosos terapêuticos
    • Bloqueios intercostais
    • Bloqueio facetas: bloqueios ramos médios / bloqueios facetários
    • Bloqueio gânglio estrelado
    • Bloqueio pontos “gatilho”
    • Bloqueio seletivo de nervos (occipital / supraescapular / ilioinguinal /  iliohipogastrico / genitofemoral / pudendo)
    • Injeções intra-articulares (ombro / sacroilíaca / anca / joelho)
    • Radiofrequência
    • Radiofrequência pulsada

     

    Todos os procedimentos invasivos são feitos com apoio imagiológico (preferencialmente ecografia)