Voltar

Gravidez de risco: vigilância

Define-se gravidez de alto risco aquela em que a probabilidade de ocorrer um resultado adverso para a mãe e/ou criança, durante ou após a gravidez e parto, está aumentada e acima do risco basal médio da população em geral, pela presença de um ou mais fatores de risco.

Felizmente, poucas mulheres têm uma gravidez de risco. No entanto, nos casos em que não há uma evolução tão tranquila, porque existe uma doença crónica ou porque problemas médicos ou relacionados com a gravidez surgem durante os nove meses, é essencial um correto e atempado acompanhamento.