Voltar

Higiene oral em bebés e crianças

Uma boa higiene oral é o fator chave para a prevenção da cárie dentária. Quanto mais cedo se começa a higiene dos dentes, menor é a possibilidade de se desenvolver esta patologia.

Os pais deverão ser os responsáveis pela higiene dentária até que a criança tenha destreza motora suficiente para escovar os dentes.
Alcançada a autonomia para realizar esta tarefa a partir dos 7-10 anos, dependendo da criança, a partir dessas idades e até à adolescência, é recomendada supervisão parental na escovagem da noite.

Higiene oral por idades

Por volta dos quatro meses, antes da erupção dos primeiros dentes de leite, pode começar-se a fazer a limpeza das gengivas com uma gaze humedecida em água ou com uma dedeira de silicone.

Quando erupcionam os primeiros dentes, começa-se então a utilizar, duas vezes ao dia, uma escova dentária com cerdas suaves e tamanho adequado a idade do bebé. A partir do momento em que existam contactos entre os dentes, deve iniciar-se o uso de fita dentária para prevenir as cáries interproximais.

A partir dos três anos pode começar a ser utilizada a escova elétrica, mas sempre com a ajuda dos pais.

Pasta dentífrica

Deverá ser introduzida assim que o primeiro dente erupcione, o que acontece normalmente por volta dos seis meses.

Deverá ser um dentífrico com uma composição que contenha 500ppm de flúor e a quantidade a colocar na escova deve ser do tamanho da unha do dedo mindinho do bebé.

A partir do momento que a criança não engula a pasta, poderá então ser aumentada a quantidade de flúor do dentífrico para 1000-1450ppm. A quantidade não deverá ultrapassar o tamanho de uma ervilha.

A partir dos seis anos de idade já pode ser utilizada uma pasta de adulto ou uma de criança com uma composição de, pelo menos, 1450ppm de flúor.

Utilização de flúor

Dependendo do risco individual de cárie dentária, poderão ser adicionados suplementos de flúor na higiene oral da criança.

Os mais comuns são os colutórios fluoretados (líquidos para bochechos), que podem ser utilizados diária ou semanalmente consoante a indicação do médico dentista.

As visitas ao odontopediatra deverão iniciar-se por volta dos 2-3 anos ou até antes para serem dadas informações aos pais sobre a prevenção da carie dentária com periodicidade semestral.

 

Sara Quaresma

Médica dentista

Hospital da Luz Lisboa