Voltar

Higiene oral nos adultos

A higiene oral é um fator determinante na prevenção da maioria das doenças que afetam a cavidade oral, tais como as cáries e as doenças periodontais.

A prevalência de problemas da cavidade oral é ainda bastante elevada: segundo dados da Organização Mundial de Saúde, 60 a 90% das crianças em idade escolar e quase 100% dos adultos têm cáries e a doença periodontal severa, que pode ter como consequência a perda de dentes, afeta 15 a 20% dos adultos entre os 35 e os 45 anos.

Uma boa escovagem oral caracteriza-se pela remoção eficaz dos restos alimentares que, se não forem eliminados, darão origem à placa bacteriana e ao tártaro.

A Ordem dos Médicos Dentistas recomenda que para manter uma boa higiene oral, é fundamental seguir a regra 2 X 2 X 2: escovar os dentes pelo menos duas vezes por dia, durante 2 minutos, sendo que uma destas escovagens deve ser antes de dormir e também consultar o seu médico dentista regularmente, pelo menos, duas vezes por ano.

Para além desta rotina básica é essencial:

  • Utilizar uma escova de dentes adequada, que deve ser substituída de três em três meses;
  • Usar uma pasta fluoretada (idealmente com uma composição de 1500ppm de flúor);
  • A higienização diária dos espaços interdentários com a utilização de fio dentário e/ou escovilhão é fundamental para remover os restos alimentares e bactérias no espaço entre os dentes (o fio dentário deve ser usado antes da escovagem para que a ação protetora da pasta dentífrica seja mais prolongada);
  • Fazer refeições equílibradas, com diminuição da quantidade e frequência da ingestão de açúcar;
  • Evitar o consumo de tabaco e álcool;
  • Consultar o seu médico dentista e informar-se sobre quais os produtos mais adequados para uma correta higiene oral.

 

Ana Catarina Silva

Médica dentista

Hospital da Luz Clínica da Amadora