Voltar

Hipertensão e gravidez

As alterações hipertensivas ocorrem em cerca de 15% das gravidezes, sendo responsáveis por uma morbilidade materna e fetal significativa.

A incidência crescente de obesidade e o facto de as mulheres engravidarem frequentemente em idades mais avançadas, encontram-se entre os fatores responsáveis pela hipertensão na gravidez.

As grávidas com hipertensão arterial crónica, ou com hipertensão arterial que se manifesta apenas na gravidez, devem ser vigiadas durante este período e o pós-parto de modo a prevenir, detetar, diagnosticar e tratar eventuais fatores de risco e complicações.