Voltar

Braquiterapia de baixa taxa de dose

A braquiterapia é uma forma de radioterapia interna, em que a fonte de radiação é colocado dentro do tumor, ou muito próximo dele. Existem vários tipos de braquiterapia, que diferem em função da colocação das fontes de radiação na área a tratar, da taxa ou intensidade de radiação administrada ao tumor e da duração do período de administração da radiação.

Para os tratamentos de braquiterapia são necessários sistemas de software apropriados para elaborar estudos dosimétricos baseados em imagem, de forma a obter planeamentos conformacionais tridimensionais que garantam uma otimização na conformidade e homogeneidade da dose no alvo, poupando os tecidos e órgãos normais adjacentes.

Em regra, o tratamento de braquiterapia é administrado como complemento da radioterapia externa, em casos selecionados de tumores do brônquio ou traqueia, tumores da cabeça e pescoço, pele, esófago, mama, útero e vagina, reto, canal anal e próstata.

A implantação permanente de sementes radioativas com dosimetria em tempo real usa uma tecnologia moderna, que permite modificar a deposição de dose na próstata à medida que se vão introduzindo as fontes em locais precisos. Assim, é possível um estudo dosimétrico dinâmico durante o período de permanência do implante.

Trata-se de uma uma terapêutica que exige anestesia geral e um internamento de dois a três dias. É bem tolerada e o doente pode regressar às suas atividades diárias normais em poucos dias. Depois da anestesia, é colocada uma sonda de ecografia no reto; a colocação e o número de sementes, com dimensões de 4.5 mm X 0.8 mm, são baseados nas imagens ecográficas da próstata.

A terapêutica é efetuada por uma equipa de especialistas: um urologista que efetua a ecografia da próstata e que coloca as agulhas, um radioterapeuta que implanta as sementes através das agulhas e faz a aprovação do planeamento e um físico que desenvolve o planeamento dosimétrico durante o procedimento. Esta intervenção tem uma duração de cerca de uma a duas horas.

A implantação permanente de sementes radioativas com dosimetria em tempo real tem tido resultados a longo prazo (15 anos) idênticos aos da prostatectomia radical.