Voltar

Diabetes tipo 2

Diabetes tipo 2

A diabetes tipo 2 é o tipo mais comum desta doença e é já um problema de saúde pública devido ao número crescente de casos.

Na diabetes tipo 2 há resistência à insulina, ou seja, as células não respondem à insulina e é necessário uma maior quantidade desta hormona para manter a mesma quantidade de glucose no sangue. Apesar de ser conhecida a enorme importância dos fatores genéticos associados ao desenvolvimento da doença, o sedentarismo, a obesidade e a alimentação excessivamente calórica são as principais causas do aumento do número de novos casos.

Os fatores atrás referidos, que resultam do estilo de vida, são responsáveis por um maior agravamento da resistência à insulina.

As pessoas com diabetes tipo 2 podem inicialmente apresentar níveis de insulina em circulação superiores ao normal. Com o passar do tempo, os níveis de insulina diminuem, pois o pâncreas já não consegue produzir tanta insulina, e os níveis de glucose no sangue aumentam. Por esta razão, pode ser necessário iniciar medicação com insulina (apesar de a diabetes tipo 2 não ser insulino-dependente).