Voltar

Prof. Dr. Mário Lourenço

Psiquiatria

Mário Lourenço

Unidades Luz Saúde

  • Hospital da Luz Guimarães

  • Áreas de atividade:

    • Psiquiatria e saúde mental, psicogeriatria, avaliações médico-legais, dependências (tabágica e outros tóxicos), psicoterapia individual e de casal, sexologia médica, terapia sexual
  • Línguas:

    • Espanhol
  • Formação:

    • Licenciado em Medicina, pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Universidade do Porto (1980-1986)
    • Mestrado em Psiquiatria, pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (1995)
    • Doutoramento em Psiquiatria, pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (1999)
  • Resumo da carreira profissional:

    • Internato Geral no Hospital Geral de StoAntónio (1987-1988)
    • Internato Complementar de Psiquiatria no Hospital de SJoão (1989-1992)
    • Assistente Hospitalar em Psiquiatria (desde Janeiro de 1993)
    • Grau de especialista em Psiquiatria (1993)
    • Competência em Sexologia Clínica pela Ordem dos Médicos (desde Março de 2015)
    • Assistente Hospitalar Graduado (desde Junho de 2015)
    • Exerceu funções no Hospital Geral de Santo António, Hospital de SJoão, Centro de Atendimento de Toxicodependente de Braga, Casa de Saúde do Bom Jesus e Hospital da Srª da Oliveira, onde fundou e dirigiu o Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental (2000-2009)
    • Membro da Comissão de Coordenação Oncológica do Hospital da SraDa Oliveira (2008-2010)
    • Professor Auxiliar Convidado da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto (1995-2010)
    • Responsável pelo Gabinete de Educação Médico-Dentária daquela Faculdade (2008-2010)
    • Presidente da Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica (1999-2000) e membro da respetiva Comissão Científico Pedagógica (1995-2013)
    • Membro do Comité Científico da Associação Espanhola de Sexualidade e Saúde Mental (2012-…)
    • Membro do Comité Executivo da Federação Latinoamericana das Sociedades de Sexologia e de Educação Sexual (2010-2014)
    • Membro da Junta Diretiva da Academia Internacional de Sexologia Médica (2015-2019)
Marcar Consulta