Conheça a Sua Fatura

Saiba o que significa cada um dos campos presentes na sua fatura.

undefined

 

As faturas/recibos do Hospital da Luz Lisboa são documentos semelhantes ao da imagem acima.

O cabeçalho das faturas/recibos inclui:

A.   Logótipo Hospital da Luz Lisboa
B. Identificação do documento (via, designação, número e data)
C. Nome, endereço e número de identificação fiscal do cliente
D. Número da História Clínica (NHC) do cliente
E. Identificação da seguradora/sistema de saúde e número de beneficiário do cliente


O corpo das faturas/recibos destina-se à descrição cronológica de todos os serviços hospitalares (p. ex. consultas, exames, diárias de internamento, honorários médicos, materiais hospitalares, entre outros), data em que foram usados, códigos individuais, quantidades, valores parciais e valor total do documento. No caso de faturas/recibos relativos a episódios de internamento, o corpo das faturas/recibos indica ainda o dia inicial e final do episódio (F). O grau de pormenor da descrição dos serviços prestados no corpo do documento depende da Entidade Financiadora Responsável (seguradora / sistema de saúde) do cliente.

O rodapé das faturas/recibos (G) inclui o endereço e contactos do Hospital da Luz, o seu número de identificação bancária e outros dados e menções legais.

A imagem exemplifica uma fatura/recibo relativa a uma apendicectomia (remoção do apêndice). Os itens no corpo deste documento indicam o seguinte:

1 Ato médico e honorários do cirurgião
2,3,4 Honorários dos restantes membros da equipa cirúrgica (médico ajudante do cirurgião, médico anestesista e enfermeiro instrumentista)
5 Referência ao adiantamento pago pelo cliente para dedução no montante global
 6,12,16   Consumíveis - produtos de farmácia usados em cada dia (discriminados no descritivo entregue ao cliente). Não é referido o código porque se trata de um conjunto de produtos
7,3,17 Consumíveis – produtos de armazém usados em cada dia (discriminados no descritivo entregue ao cliente). Não é referido o código porque se trata de um conjunto de produtos
8,14 Dormida e pequeno-almoço do acompanhante no quarto do doente
9,15 Dormida e refeições do doente previstas na diária em quarto individual
10 Estadia do doente na unidade de cuidados pós-anestésicos do bloco operatório depois da intervenção cirúrgica
11 Utilização do bloco operatório para a intervenção cirúrgica em causa
 

A fatura/recibo pode ainda incluir em anexo um descritivo dos consumíveis de farmácia e de armazém que são apresentados como um valor global diário na fatura/recibo. Este documento discrimina em cada dia todos os consumíveis de farmácia e de armazém, bem como o seu valor individual, área em que foram usados (p. ex. ambulatório, bloco operatório, internamento, etc.) e serviço dentro dessa área (p. ex. AMP de adultos, consulta externa, cirurgia, etc.). Para cada dia e para cada grupo de consumíveis é ainda referido o total de unidades e o valor global.