Conheça o Serviço de Medicina Molecular

O Serviço de Medicina Molecular possui uma equipa com uma ampla experiência e está equipado com os meios mais modernos, em muitos casos únicos no país.

A Medicina Molecular utiliza as propriedades de moléculas marcadas radioativamente em conjunto com técnicas imagiológicas avançadas, o que permite de uma forma não invasiva visualizar, caracterizar e quantificar processos biológicos, normais ou não, a nível celular e molecular.

Assim, a Medicina Molecular aborda os processos patológicos através das suas consequências nos mecanismos funcionais e não pelas alterações estruturais que possam causar. As técnicas de Medicina Molecular (PET, PET-CT, SPECT, RM, fluorescência e bioluminiscência) são usadas na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de doenças de todos os sistemas orgânicos. Estas aplicações potenciais da Medicina Molecular nas diversas áreas médicas tornam-na umaespecialidade com uma intervenção transversal.

Nas circunstâncias em que as técnicas de Medicina Molecular são usadas com finalidades de diagnóstico, a distribuição dos compostos administrados no organismo é conhecida a partir de imagens formadas através da deteção da radiação emitida em equipamentos específicos. Alguns testes de diagnóstico usam também compostos (sondas) que identificam recetores associados a moléculas características dos processos patológicos em estudo. Em muitas situações, a elevada sensibilidade das técnicas de Medicina Molecular permite uma deteção muito precoce de alterações fisiológicas, antes de estarem presentes alterações estruturais, o que possibilita um estabelecimento rápido do diagnóstico e do plano de tratamento. Os exames de Medicina Molecular são de fácil execução, apresentam uma morbilidade baixa e uma mortalidade praticamente nula. As doses de radiação absorvidas pelos doentes são quase sempre semelhantes ou inferiores às dos métodos radiológicos convencionais. No que se refere à intervenção terapêutica da Medicina Molecular, inclui a administração de radionuclídeos para resolução ou alívio da dor. Trata-se de uma radioterapia interna, seletiva, sistémica e com um incómodo mínimo para os doentes.

O Serviço de Medicina Molecular do Hospital da Luz Lisboa tem como missão utilizar técnicas de Medicina Molecular com finalidades de diagnóstico e terapêutica procedendo em conformidade com as melhores práticas disponíveis. Além da sua missão assistencial, o Departamento de Medicina Molecular promove a aprendizagem e a investigação clínica na sua área, contribuindo para a formação dos profissionais, para a sua atualização técnica e para o desenvolvimento do conhecimento científico.

O Serviço de Medicina Molecular possui uma equipa com uma ampla experiência na sua área e está equipado com os meios mais modernos, em muitos casos únicos no país, tendo capacidade para disponibilizar uma prestação atempada, eficaz e segura em todas as situações para a qual é solicitado. Está integrado no Centro de Oncologia do Hospital da Luz Lisboa e presta a sua atividade assistencial em estreita ligação com o Hospital de Dia Médico e com os Serviços de Radioterapia e de Oncologia Médica.

O Serviço de Medicina Molecular está localizado no piso -1, com acesso a partir do parque de estacionamento subterrâneo através do núcleo de elevadores B e por escada rolante.

Coordenação:

Dra. Rosário Vieira

Medicina_molecular_2013