Coluna Cervical

A coluna cervical é formada por sete vértebras intercaladas por discos intervertebrais. Estes discos são formados por um anel fibroso periférico e um centro gelatinoso, o núcleo pulposo, que, à medida que a coluna flete, torce ou estende, sofrem consecutivas alterações da sua forma. Na região cervical o canal raquidiano protege a medula que, neste nível, transporta impulsos nervosos para os quatro membros.

Em comparação com a coluna lombar, a carga a que a coluna cervical está sujeita ao longo da vida é bastante menor mas, por outro lado, a mobilidade do pescoço é maior e está igualmente vulnerável a deficiências posturais, muitas vezes relacionadas com a atividade profissional. Desta forma, os discos intervertebrais cervicais são também suscetíveis de desgaste e degenerescência, perdendo a sua flexibilidade e capacidade de absorver a carga necessária ao desempenho das atividades do dia-a-dia.