Faça um registo das suas cefaleias

Os vários tipos de cefaleias têm sintomas e características de ocorrência que ajudam a diferenciá-las. O registo desses dados ajuda os doentes a conhecer melhor a sua doença, bem como a descrevê-la em pormenor quando procuram cuidados médicos, o que representa um contributo valioso para o diagnóstico.

Assim, se tem cefaleias frequentemente, procure manter um registo que refira:

  • A data e hora das suas dores;
  • A localização e intensidade da dor de cabeça;
  • Outros sintomas que acompanhem a dor de cabeça, que tenha tido antes desta ocorrer ou posteriormente;
  • As consequências da cefaleia (p. ex. não poder ir trabalhar, ter de estar deitado no escuro, etc.).

Clique nos links abaixo para obter formulários de registo de cefaleias:

Registo mensal
Registo anual