Enxaqueca Abdominal nas Crianças

Enxaqueca Abdominal nas Crianças

A enxaqueca abdominal é uma variante da enxaqueca normal em que a dor se localiza na região do umbigo. É uma forma rara nos adultos, mas é comum nas crianças com história familiar de enxaqueca. Frequentemente, as pessoas que tiveram enxaqueca abdominal em crianças desenvolvem em adultos a forma habitual de enxaqueca.

Normalmente, a enxaqueca abdominal é intensa e súbita, sem sintomas premonitórios, podendo ser desencadeada pelos mesmos fatores que desencadeiam a forma habitual da enxaqueca.

Os sintomas mais comuns da enxaqueca abdominal são dor gástrica grave, cólica abdominal, náuseas e vómitos, palidez e falta de apetite. A dor abdominal pode durar apenas cerca de uma hora ou estar presente durante alguns dias.

O diagnóstico de enxaqueca abdominal não é simples, pois as crianças têm dificuldade em descrever as características específicas da situação, de modo a permitir a distinção de uma dor gástrica comum ou de outras doenças gastrointestinais. Assim, o relato detalhado dos episódios de dor observados por quem cuida da criança e a história familiar são aspetos fundamentais para um diagnóstico correto.

O tratamento da enxaqueca abdominal nas crianças é complexo. Além de não existir ainda um tratamento específico, muitos medicamentos usados na forma habitual da enxaqueca não podem ser usados nas crianças. Assim, assume particular importância a identificação e controlo dos fatores que desencadeiam esta forma de enxaqueca.