Nevralgia do Grande Occipital

A nevralgia do grande occipital é uma forma de cefaleia intensa e debilitante que atinge a região posterior da cabeça, área que é inervada pelo nervo occipital.

Afeta igualmente os homens e as mulheres e não tem uma idade preferencial de ocorrência.

  • Causas

    A maior parte da região posterior e superior da cabeça é inervada por dois nervos grandes occipitais, um de cada lado da cabeça. A nevralgia do grande occipital deve-se à irritação e inflamação deste nervo, frequentemente sem causa estrutural evidente, noutros casos por lesão ou compressão em consequência de um traumatismo, tumor, hemorragia ou doença sistémica. 

  • Sintomas

    Na nevralgia do grande occipital a dor é geralmente unilateral, muito intensa e constante. Inicia-se no pescoço e região occipital (região posterior da cabeça) e pode irradiar para o couro cabeludo e lateralmente até às orelhas. Em casos graves pode também haver dor retro orbitária.

    Normalmente, a dor agrava-se com a extensão e rotação do pescoço e com a pressão dos nervos e região occipital. Em alguns doentes, a sensibilidade muito aumentada do couro cabeludo pode tornar impossíveis tarefas simples como lavar e escovar o cabelo ou deitar a cabeça numa almofada.

  • Diagnóstico

    Na nevralgia do grande occipital a dor pode ser difícil de distinguir de outras cefaleias com uma localização semelhante. Assim, além da história e do exame clínico do doente, pode ser necessário recorrer a exames de imagem e a bloqueios nervosos com anestésico para identificar uma nevralgia do grande occipital.

  • Tratamento

    O tratamento sintomático da nevralgia do occipital envolve massagens e repouso. Dependendo da sua causa pode também incluir medicamentos, procedimentos percutâneos minimamente invasivos ou uma abordagem cirúrgica. O tratamento farmacológico desta nevralgia requer orientação médica.