Como se Trata a Obesidade?

Como se Trata a Obesidade?

O tratamento da obesidade tem que ser pensado tendo em consideração os numerosos fatores que podem contribuir para a sua ocorrência. 

Terá sempre de incidir sobre os hábitos de vida e as escolhas individuais, áreas em que é possível alguma intervenção.

Na generalidade dos casos, o tratamento da obesidade envolve alterações relacionados com o tipo de alimentos, a confeção das refeições, o padrão das refeições e a prática de atividade física, associadas com frequência a um competente acompanhamento psicológico; aos medicamentos é atribuído um papel complementar. As metodologias de tratamento endoscópico são uma área promissora, sendo atualmente realizada por rotina apenas a aplicação de um balão intragástrico. A cirurgia da obesidade é reservada para casos graves ou para situações em que estão presentes complicações que colocam a vida em risco.

  • Objetivo Geral do Tratamento

    O objetivo geral do tratamento da obesidade é reduzir o peso corporal apenas o suficiente para que este deixe de representar um risco para a saúde. Responde às necessidades reais do organismo e sustenta-se em expectativas realistas e, por isso, com maior probabilidade de sucesso.

    No entanto, esta meta está frequentemente longe das expectativas de muitas pessoas, guiadas por motivações, legítimas, de ordem estética. A existência de uma meta pouco realista conduz frequentemente ao insucesso dos programas de perda de peso e determina, regra geral, uma quebra da autoconfiança que prejudicará o resultado de tratamentos futuros. Por outro lado, sabe-se hoje que para conseguir benefícios significativos para a saúde não é imprescindível que seja atingido o peso ideal. Com uma diminuição de 5% a 10%, relativamente ao peso inicial, diminui significativamente o risco de muitas das doenças associadas à obesidade.

  • Hábitos de vida saudável

    Uma dieta equilibrada, associada a um padrão de refeições correto e à prática regular de exercício físico são as melhores medidas para manter desde cedo um peso corporal dentro dos limites adequados, e evitar o aparecimento de excesso de peso e da obesidade. Estes hábitos de vida saudáveis deverão ser implementados desde cedo na vida dos jovens e continuar durante a idade adulta. São também estas as primeiras medidas e as mais permanentes, a seguir num programa de perda de peso.

    Idealmente, as ações desenvolvidas para controlar o excesso de peso devem começar o mais precocemente possível; desta forma os resultados são mais favoráveis e permanentes.

    Esforços intensos realizados durante períodos curtos, com grandes perdas de peso depois de ter sido atingida uma situação de excesso, são, regra geral, coroados de pouco sucesso, com recuperações ponderais igualmente grandes e rápidas. 

    O tratamento e controlo da obesidade incluem, assim, em qualquer circunstância, a necessidade de introduzir alterações profundas nos hábitos de vida. Estas alterações são em geral bastante mais fáceis de indicar do que de seguir, o que torna o processo frequentemente difícil e com uma taxa de sucesso longe do desejável.