Escolha o Seu Local de Tratamento

Escolha o Seu Local de Tratamento

Os programas de tratamento da obesidade têm como objetivo reduzir o peso corporal de modo a que este deixe de representar um risco para a saúde. São numerosos os casos em que estes programas incluem uma intervenção cirúrgica (com a finalidade de limitar a capacidade de ingestão e/ou de alterar o processo de digestão/absorção), que pode contribuir decisivamente para que os objetivos propostos sejam atingidos.

Especialmente nestes casos, que implicam decisões difíceis e alterações substanciais e vitalícias dos hábitos de vida, torna-se fundamental dispor de dados que permitam realizar uma escolha criteriosa e segura do local de tratamento da obesidade. Entre as questões para as quais devem ser procuradas respostas, incluem-se as seguintes:

  • O que procurar num centro de tratamento da obesidade?

    Um centro de tratamento da obesidade deve disponibilizar aos doentes uma abordagem multidisciplinar e integrada desta doença, delineada especificamente para cada doente, em função das especificidades do seu problema. Este programa inicia-se com a avaliação da doença e a instituição do tratamento adequado (cirúrgico ou outro), seguindo-se o acompanhamento da recuperação e do retorno à vida quotidiana normal e continua com um seguimento ao longo da vida, necessário para a consolidação dos resultados obtidos.
    Para o efeito, torna-se fundamental que existam num centro de tratamento da obesidade profissionais de saúde de diferentes áreas e especialidades, além dos recursos físicos e tecnológicos necessários ao tratamento desta doença, em conformidade com os conhecimentos científicos e técnicos atuais.

  • Que profissionais devem fazer parte de um centro de tratamento da obesidade?

    A equipa de um centro de tratamento da obesidade deve incluir profissionais de todas as áreas passíveis de intervir num programa de tratamento da obesidade, nomeadamente: nutrição, psicologia, endocrinologia, medicina geral e familiar, medicina interna, anestesiologia, cirurgia geral e bariátrica, ortopedia, cuidados intensivos, psiquiatria, análises clínicas, imagiologia, cardiologia, cirurgia plástica e reconstrutiva e medicina física e reabilitação

  • Como são estabelecidos os objetivos e a metodologia a seguir num programa de tratamento da obesidade que envolva uma intervenção cirúrgica?

    Os objetivos e a metodologia a seguir em qualquer programa de tratamento da obesidade que envolva uma intervenção cirúrgica devem ser estabelecidos pelo médico responsável, em regra o cirurgião que realizará a intervenção, em conjunto com o doente e com os outros profissionais de saúde envolvidos, tendo em consideração as especificidades do caso, a necessidade de redução do peso para que este deixe de representar um risco para a saúde e as preferências do doente.

  • Quais são os procedimentos cirúrgicos de tratamento da obesidade disponibilizados pelo centro de tratamento da obesidade?

    Num centro de tratamento da obesidade deve ser possível realizar todos os procedimentos de cirurgia bariátrica que os conhecimentos científicos atuais recomendam para o tratamento da obesidade. Assim, não é o doente que se deve adaptar a uma determinada intervenção cirúrgica só porque é a única que, num dado local, lhe é disponibilizada.
    Pelo contrário, a escolha do intervenção cirúrgica a adotar para cada doente deve sim ter em consideração as suas características individuais e as especificidades da sua doença.

  • Os procedimentos cirúrgicos de tratamento da obesidade são realizados por cirurgia aberta ou por cirurgia minimamente invasiva?

    Atualmente é possível realizar todos os procedimentos cirúrgicos de tratamento da obesidade através de cirurgia minimamente invasiva. Em relação à cirurgia aberta, a cirurgia minimamente invasiva apresenta numerosas vantagens que, no que se refere ao doente, incluem menos dor no pós-operatório, uma recuperação geral mais rápida, uma resposta imunitária mais forte, um retorno à atividade profissional mais rápido, uma incidência de complicações pós-operatórias menor e cicatrizes operatórias menos visíveis.
    Assim, a possibilidade de realizar um tratamento cirúrgico da obesidade através de cirurgia minimamente invasiva é um fator importante a ponderar na escolha do local de tratamento.

  • Qual é a experiência do centro de tratamento da obesidade nos vários procedimentos cirúrgicos disponibilizados?

    Importa naturalmente conhecer a experiência dos profissionais que desempenham a sua atividade no centro de tratamento da obesidade a que vai recorrer e a taxa de sucesso das intervenções realizadas. Em média, a taxa de mortalidade e a taxa de complicações consequentes às intervenções cirúrgicas de tratamento da obesidade cifram-se em 0,5 a 1% e 10 a 15%, respetivamente, valores que podem ser tomados como referência nas escolhas.

  • Qual é o tipo de acompanhamento que o centro disponibiliza para os doentes depois de um tratamento cirúrgico da obesidade?

    Um programa de tratamento da obesidade delineado de uma forma consciente e correta inclui, depois da operação, o acompanhamento da recuperação e do retorno à vida quotidiana normal e continua com um seguimento ao longo da vida, vital para a consolidação dos resultados obtidos. Assim, é fundamental saber antecipadamente se no centro de tratamento da obesidade este tipo de acompanhamento é disponibilizado.
    É também importante conhecer o grau de envolvimento do cirurgião no programa de tratamento da obesidade, ou seja, se este se limita à realização da intervenção, ou se estará também envolvido no seguimento do processo. Obviamente, o envolvimento do cirurgião no estabelecimento dos objetivos, no delineamento do programa de tratamento e no seu seguimento ao longo da vida representa a opção mais indicada e que é determinante para a confiança que o doente irá depositar no cirurgião e consequentemente no centro de tratamento da obesidade escolhido.

  • Qual a importância da formação e da experiência do responsável pelo centro de tratamento da obesidade?

    Naturalmente, como em muitas outras áreas, a atividade, os resultados e o sucesso de um centro de tratamento da obesidade refletem também a experiência, a preparação e a capacidade de trabalho em equipa de quem o coordena, pelo que as informações que se possam obter sobre estes aspetos ajudarão também, certamente, a ponderar a escolha.