A Dieta da Mãe Durante a Amamentação

Durante a amamentação a mãe não necessita de uma dieta especial. Deve sim, ter uma dieta variada e equilibrada, procurando totalizar cerca de 2000 calorias por dia, e ingerir bastantes líquidos (água, leite e sumos naturais). As mães vegetarianas, total ou parcialmente, poderão necessitar de alguns suplementos alimentares, pelo que deverão aconselhar-se com o seu médico sobre este aspeto.

A ingestão de bebidas que contenham álcool, cafeína ou outros compostos excitantes deve ser evitada. O seu eventual consumo não deve ser realizado próximo das mamadas. Deve procurar-se que seja feito depois destas e que o bebé só volte a mamar pelo menos duas horas depois.

Deve ser evitado o consumo de tabaco que provoca no bebé um aumento da frequência cardíaca, náuseas, vómitos e diarreia. As doenças respiratórias são mais frequentes nos filhos de pais fumadores, independentemente do tipo de alimentação. O tabaco pode também reduzir a produção de leite. Caso a mãe não consiga deixar de fumar, deve escolher tabaco com baixo nível de nicotina, reduzir ao máximo o seu consumo e, se o fizer, deve ser imediatamente depois das refeições do bebé, uma vez que a quantidade de nicotina no leite diminui passadas duas a três horas.