Hospital da Luz aposta no tratamento da hepatite C

Hospital da Luz aposta no tratamento da hepatite C

As doenças causadas pelos vírus das hepatites B e C têm um impacto cada vez maior nas nossas sociedades e representam encargos financeiros significativos para os Governos. São anualmente responsáveis, segundo a Organização Mundial de Saúde, por cerca de 57% dos casos de cirrose hepática e 78% de casos de cancro do fígado, estimando-se que 2 a 3% da população mundial esteja infetada só pelo vírus da hepatite C.

Em Portugal, o número de casos tem também vindo a aumentar, calculando-se que entre 100 a 150 mil pessoas estejam infetadas com o vírus da hepatite C. No entanto, apenas cerca de 30% estão diagnosticadas, estimando-se, ainda assim, que o respetivo tratamento tenha custos médicos anuais da ordem dos cem milhões de euros.

Foi neste contexto que o Hospital da Luz decidiu criar a nova consulta de hepatologia terapêutica, já a funcionar desde o início de julho, tornando-se assim o primeiro hospital privado em Portugal a disponibilizar este tipo de acompanhamento aos seus doentes.

Com esta nova valência, os doentes com hepatite passam a ter disponível, no Hospital da Luz, todas as vertentes terapêuticas das hepatites víricas, nomeadamente a nova linha de fármacos para a hepatite C recentemente lançados no mercado português, e que permitem aumentar as taxas de cura desta patologia dos atuais 45% para valores acima dos 90%.

 

Clique aqui para conhecer as linhas assistenciais de Gastrenterologia.