Trabalho de gastrenterologista do Hospital da Luz distinguido

Trabalho de gastrenterologista do Hospital da Luz distinguido

Um trabalho em que participou o médico gastrenterologista Pedro Pinto Marques, do Hospital da Luz Lisboa, juntamente com outros três especialistas nacionais, foi distinguido pelo Clube Português do Pâncreas durante a Semana Digestiva, que decorreu entre 7 e 10 de junho, no Palácio de Congressos do Algarve (Albufeira).

‘Profilaxia antibiótica na punção de quisto pacreático: less is more?’ foi considerado o melhor trabalho sobre Patologia Pancreática. Além de Pedro Pinto Marques, são também autoras as gastrenterologistas Irina Mocanu (Hospital Espírito Santo de Évora), Rita Barosa e Marta Patita (do Hospital Garcia de Orta).

Ainda no âmbito da Semana Digestiva 2017, a equipa de enfermagem do Hospital de Dia Cirúrgico do Hospital Beatriz Ângelo obteve o 2º prémio categoria de Comunicações Livres, com o trabalho intitulado ‘Preparação intestinal com Split Dose: experiência de um hospital’.

A Semana Digestiva 2017 reuniu cerca de 700 especialistas nacionais e estrangeiros que discutiram os temas mais atuais da gastrenterologia, como tumores digestivos, doenças hepáticas, doença inflamatória intestinal e doença de refluxo, entre outros. Tratou-se de uma organização conjunta da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, da Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva (SPG), da Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado e das Secções Especializadas da SPG (Núcleo de Neurogastrenterologia e Motilidade Digestiva, Clube Português do Pâncreas, Grupo de Estudos Português do Intestino Delgado e Grupo Português de Ultrassons em Gastrenterologia).