António Setúbal realiza ‘cirurgias ao vivo’ em encontro internacional de ginecologistas

António Setúbal realiza ‘cirurgias ao vivo’ em encontro internacional de ginecologistas

O coordenador do Hospital da Mulher e da ginecologia-obstetrícia do Hospital da Luz, António Setúbal, foi um dos convidados especiais da conferência internacional «New face of gynecological surgery 2015», realizada em Kiev, na Ucrânia, no passado mês de dezembro. António Setúbal realizou cirurgias ao vivo e participou, como orador, em diversas palestras num encontro que reuniu especialistas do mundo inteiro.

O principal tema da conferência deste ano foi o tratamento cirúrgico da infertilidade, tendo sido abordados com mais incidência os problemas relacionados com os miomas uterinos e a endometriose em mulheres em idade reprodutiva. Como é habitual no encontro internacional destes especialistas, o tema foi tratado através de uma abordagem prática e técnica, com os participantes a discutir e a questionar os especialistas durante as cirurgias ao vivo, transmitidas do bloco operatório para a sala de conferência em tempo real. António Setúbal esteve, mais uma vez, nesta conferência como orador principal, realizando algumas das cirurgias ‘ao vivo’ que iam sendo comentadas com os restantes participantes do encontro. Em Kiev, estiveram ainda especialistas franceses, alemães, russos e ucranianos, entre muitos outros.

António Setúbal é membro do General Medical Council (GMC) e do Specialist Training Authority do Medical Royal College, ambos do Reino Unido, e do Accreditation Council of Gynaecological Endoscopy, dos EUA, sendo ainda membro fundador da Ukrainian Society of Gynecological Endoscopy and Pelvic Surgery. É ainda perito internacional na avaliação de novos produtos cirúrgicos e medicamentos (essencialmente na área das aderências) e em consensos sobre várias patologias (essencialmente na área da endometriose profunda). O ginecologista do Hospital da Luz é ainda editor do Journal of Minimally Invasive Gynecology e autor ou co-autor de cerca de 20 publicações em revistas e livros nacionais e estrangeiros da especialidade.