Centro de Cefaleias do Hospital da Luz participa em estudo-piloto

Centro de Cefaleias do Hospital da Luz participa em estudo-piloto

O Centro de Cefaleias do Hospital da Luz, em conjunto com o Hospital de Duisburg-Essen, na Alemanha, participou num estudo-piloto sobre novos modelos de avaliação do tratamento das cefaleias, cujos resultados foram publicados numa prestigiada revista médica da especialidade.

O estudo envolveu a realização de inquéritos aos doentes seguidos nestes dois centros e também aos profissionais de saúde, tendo participado médicos, enfermeiros, psicólogos e psicoterapeutas. Além disso, foram ainda analisados os registos dos doentes inquiridos. O objetivo, como indica o trabalho publicado este mês de junho no «The Journal of Headache and Pain», foi avaliar a qualidade dos cuidados de saúde prestados nesta área, através de um conjunto de novos indicadores para o tratamento da cefaleia.

Os médicos Raquel Gil-Gouveia, pelo Hospital da Luz, e Zaza Katsarava, do Departamento de Neurologia do Hospital de Duisburg-Essen, são os primeiros subscritores do trabalho agora publicado, que conclui que a avaliação dos métodos e a aceitabilidade dos instrumentos de avaliação da qualidade dos centros de cefaleias «foi bem sucedida».

O «The Journal of Headache and Pain» pretende refletir a aplicação do progresso científico a cada área envolvida na abordagem das cefaleias e da dor que lhes está associada. Assim, numa perspetiva multidisciplinar publica vários tipos de artigos científicos que abordem as cefaleias na área da genética, neurologia, medicina interna, farmacologia clínica, neuropediatria, anestesiologia, reumatolofia, otorrinolaringologia, medicina dentária, neurocirurgia, neurotraumatologia, psiquiatria, controlo da dor e adição. É uma revista de acesso livre (SpringerOpen) em www.thejournalofheadacheandpain.com/