Técnica Inovadora de Cardiologia de Intervenção Realizada no Hospital da Luz

Técnica Inovadora de Cardiologia de Intervenção Realizada no Hospital da Luz

Foi hoje realizada pela primeira vez no Hospital da Luz e em Portugal, pelo Dr. Francisco Pereira Machado, coordenador do Departamento de Cardiologia, e sua equipa, uma angioplastia coronária usando o sistema de navegação magnética NIOBE®, num doente de 52 anos de idade com doença grave de duas das três artérias coronárias.

O sistema de navegação magnética NIOBE® – Magnetic Navigation System (MNS; Stereotaxis Inc., St. Louis, MO) é uma técnica nova que permite a orientação de um fio guia, com um íman na sua extremidade, no seu percurso nas artérias coronárias do doente. Este sistema está já a ser usado em alguns centros de referência europeus e americanos para dilatação coronária e permite abordar lesões complexas em que a angioplastia coronária tem normalmente menos sucesso. O doente hoje tratado no Hospital da Luz tinha justamente dois tipos destas lesões complexas (uma oclusão e uma lesão em bifurcação); o seu tratamento decorreu sem complicações e com o sucesso esperado.

Nos últimos 30 anos a angioplastia revolucionou o tratamento da doença coronária. A evolução nesta área tem sido constante, o que permite hoje ao cardiologista de intervenção tratar doentes que antigamente só eram abordáveis por cirurgia cardíaca.

Relativamente à angioplastia coronária usando o sistema de navegação magnética NIOBE® refira-se ainda que quando integra outros tipos de exames imagiológicos, nomeadamente o Angio-TC, torna também possível navegar nas coronárias diminuindo significativamente a dose de raio-X a que o doente é submetido, bem como a quantidade de contraste injectada.