Medalha de mérito da Ordem dos Médicos para José Roquette

Medalha de mérito da Ordem dos Médicos para José Roquette

A Ordem dos Médicos condecorou o diretor clínico do Hospital da Luz Lisboa, José Roquette, com a Medalha de Mérito da OM “pela sua atividade e mérito pessoal» e pelo seu contributo «para a dignificação da profissão médica, da medicina em geral e da Humanidade”.

Com esta condecoração, a Ordem dos Médicos prestigia assim a carreira profissional e o papel na Medicina portuguesa e internacional de José Roquette, especialista em cirurgia cardiotorácica e, desde 2006, diretor clínico do Hospital da Luz Lisboa, o maior hospital privado português. Roquette é também, atualmente, presidente do Conselho Clínico Superior da Luz Saúde, a que pertence o Hospital da Luz Lisboa e que hoje integra mais de 20 unidades de prestação de cuidados de saúde. 

Antes de assumir funções no Hospital da Luz, José Roquette foi diretor do Serviço de Cirurgia Cardiotorácica do Hospital de Santa Marta, em Lisboa, presidente da Comissão de Ensino e Diretor do Internato Médico do mesmo hospital, presidente do Colégio da Especialidade de Cirurgia Cardiotorácica da Ordem dos Médicos e membro fundador da European Association of Cardiothoracic Surgery, tendo ainda ocupado vários cargos na direção da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardiotorácica e Vascular.

Com o diretor clínico do HL Lisboa, foram ainda distinguidos os médicos João Lobo Antunes (a titulo póstumo) e Daniel Sampaio, entre outros. Coimbra foi a cidade escolhida pela Ordem dos Médicos para a realização do seu 20.º Congresso Nacional e do 11.º Congresso Nacional do Médico Interno. E o tema deste congresso foi a “Relação Médico-Doente: Património do ser Humano”, com o objetivo de debater formas de melhorar a relação entre médicos e doentes a todos os níveis.