Voltar

Cefaleias e ciclo reprodutivo feminino

As dores de cabeça relacionadas com alterações das hormonas femininas podem ser enxaquecas ou outros tipos de cefaleias e ocorrem em fases específicas do ciclo reprodutivo.

A produção de hormonas femininas inicia-se na puberdade. É nesta altura que podem ocorrer as primeiras dores de cabeça relacionadas com alterações hormonais. Um sexto das mulheres que têm enxaqueca tiveram as primeiras crises na puberdade.

Em muitas mulheres, as dores de cabeça têm uma relação com o ciclo menstrual, ocorrendo, mais frequentemente, alguns dias antes da menstruação, simultaneamente com outros sintomas pré-menstruais. A ocorrência de enxaqueca está relacionada com a diminuição dos estrogéneos, que ocorre antes do início da menstruação.

As cefaleias são também um efeito secundário conhecido da contraceção hormonal combinada, embora normalmente melhorem com o passar do tempo. Nas mulheres que têm enxaqueca, estas ocorrem geralmente no intervalo entre as tomas, pois também nesta altura diminuem os níveis de estrogéneos em circulação. A contraceção hormonal apenas com progesterona têm efeitos variáveis nas cefaleias.

Embora por vezes as cefaleias se agravem no início da gravidez, devido às náuseas e à menor ingestão de alimentos e líquidos, na maioria das mulheres as cefaleias melhoram com a gravidez, efeito que se pode manter durante a amamentação.

Nos anos anteriores à menopausa, devido à irregularidade de produção de estrogéneos, as enxaquecas e outras dores de cabeça podem agravar-se. Depois da menopausa, as cefaleias melhoram, possivelmente porque as irregularidades de produção hormonal desaparecem e a produção de estrogéneos estabiliza num nível inferior ao que existia antes da menopausa.