Voltar

Espirometria

A espirometria é dos testes que fazem parte das provas de função respiratória. Estuda os volumes e débitos pulmonares, ou seja os volumes de ar que os pulmões conseguem gerar e deslocar, bem como a velocidade com que esse ar se movimenta nas vias respiratórias durante os movimentos de inspiração e expiração, tanto normais como forçados.

A espirometria é realizada utilizando um pneumotacógrafo, aparelho que mede o fluxo de ar e o descreve numericamente, permitindo o cálculo de vários parâmetros que são depois comparados com valores de referência.

Os resultados da espirometria podem contribuir para diagnosticar diminuições do calibre das vias aéreas (por estreitamento ou por obstrução) e incapacidades dos pulmões para gerar e impulsionar volumes de ar adequados durante os movimentos respiratórios. Em casos específicos, a espirometria pode ser repetida depois da administração de um fármaco broncodilatador, o que permite avaliar a resposta dos brônquios ao tratamento.