CADin inaugura novas instalações no Hospital de Santiago

CADin inaugura novas instalações no Hospital de Santiago

O Dia Mundial da Criança não foi escolhido por acaso. Inaugurar neste dia as novas instalações da Unidade CADin Setúbal no Hospital de Santiago – a unidade da Luz Saúde em Setúbal - foi «uma circunstância feliz» para quem decidiu «juntar forças aqui em Setúbal e apoiar todos os que necessitam desta casa».

As palavras da presidente do Conselho de Administração da Luz Saúde, Isabel Vaz, aliadas às que foram proferidas pelo presidente do CADin, Duarte Vasconcelos, e às da presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, resumiram-se a uma ideia: a um agradecimento a tudo o que é feito pelo CADin no apoio e acompanhamento de pessoas com perturbações de neurodesenvolvimento, nomeadamente das crianças.

As novas instalações desta instituição sem fins lucrativos estão, agora, paredes meias com o Hospital de Santiago, e com novas salas de consulta e espaços mais amplos para a atividade clínica desenvolvida pelo CADin. Esta proximidade ao Hospital constitui, segundo os responsáveis da instituição, uma oportunidade de criar novas sinergias com o Hospital de Santiago, dadas as suas múltiplas valências, e assim ampliar e melhorar o acompanhamento dos doentes seguidos pelos profissionais do CADin.

A funcionar nestas novas instalações desde setembro de 2014, o CADin já realizou quase três mil atos clínicos, acompanhando neste momento mais de uma centena de pessoas só na Unidade de Setúbal.

O projeto e a obra destas novas instalações foram financiados pelo Hospital de Santiago, no âmbito da sua atividade de responsabilidade social. Todo o trabalho do CADin, aliás, é financiado por empresas e particulares, não contando com qualquer apoio do Estado.

Esta instituição particular de solidariedade social foi criada em 2003 com a missão de promover a integração na sociedade de crianças, jovens e adultos com perturbações do neurodesenvolvimento, através da intervenção clínica e terapêutica, da reabilitação e do apoio à inclusão. E possui duas Unidades: uma em Cascais (a funcionar desde 2003) e outra em Setúbal (desde 2011), agora a funcionar no Hospital de Santiago.

O neuropediatra Pedro Cabral é, desde o início, o diretor clínico da instituição, onde se desenvolve trabalho nas áreas da neuropediatria, pedopsiquiatria, psiquiatria, psicologia, terapia da fala, educação especial e reabilitação e psicomotricidade.

Já o Hospital de Santiago é um dos hospitais privados mais recentes e com maior diferenciação na zona sul de Portugal. Foi inaugurado em 2003 e integrado em 2006 no grupo Luz Saúde.