Cirurgia no Hospital da Luz transmitida ao vivo para todo o mundo

No passado mês de outubro, os departamentos de Ginecologia-Obstetrícia e de Anestesiologia do Hospital da Luz, com o apoio da MSD, organizaram a transmissão ao vivo de uma cirurgia para todo o mundo.

Tratou-se do caso de uma doente, com cerca de 45 anos de idade, submetida a cirurgia da endometriose profunda e a histerectomia, que foram realizadas por António Setúbal, coordenador do Departamento de Ginecologia-Obstetrícia do Hospital da Luz e especialista em endometriose.

José Bismarck, coordenador do Departamento de Anestesiologia do Hospital da Luz, foi o responsável pela anestesia e vigilância peri-operatória da doente.

Esta cirurgia fez parte de um conjunto de intervenções realizadas em diversos centros de referência internacionais e que, na área da ginecologia, vai permitir obter dados sobre qualidade da recuperação pós-operatória dos doentes tratados com neostigmina ou com sugammadex como fármacos de reversão do bloqueio neuromuscular.

Na área da anestesiologia e relacionado com este projeto, José Bismarck e Nuno Rodrigues, também anestesiologia do Hospital da Luz, são coautores do trabalho “Neostigmine vs. sugammadex: observational cohort study comparing the quality of recovery using the Postoperative Quality Recovery Scale”, publicado recentemente na Acta Anesthesiologica Scandinava (doi: 10.1111/aas.12389).

A transmissão da cirurgia foi realizada por webcast para um grupo de médicos ginecologistas e anestesiologistas convidados, que tiveram a possibilidade de colocar todas as suas questões em direto a António Setúbal e a José Bismarck. A hora da intervenção (16h00) foi escolhida de modo a que fosse conveniente para os todos os participantes, desde os Estados Unidos até ao Vietname.

A produção e realização estiveram a cargo de uma equipa holandesa e inglesa, respetivamente.

Para saber mais sobre endometriose clique aqui