Combater a resistência aos antibióticos está nas mãos de todos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que uma em cada 10 pessoas contraem infeções hospitalares enquanto recebem cuidados de saúde, muitas das quais originadas por bactérias cada vez mais resistentes a antibióticos, que são o único meio de as controlar. Por isso, a propósito do Dia Mundial da Higiene das Mãos que hoje se assinala, a OMS recorda que lavar as mãos várias vezes ao longo do dia é o meio mais eficaz de prevenir a propagação de infeções e, logo, de quebrar a crescente resistência dos micro-organismos bacterianos aos antibióticos. 

A previsão da agência de saúde das Nações Unidas é sombria: em 2050, se entretanto nada for feito, morrerão cerca de 10 milhões de pessoas em todo o mundo com infeções causadas por bactérias resistentes. E segundo a Direção-Geral da Saúde, Portugal é um dos países da União Europeia onde mais se utilizam antibióticos e onde também é maior o desconhecimento sobre a sua utilização.

Por isso, ambas as entidades alertam que, enquanto cidadãos, todos devemos adotar o hábito de higiene básico de lavar as mãos várias vezes ao longo do dia e sobretudo em momentos-chave: antes de comer, depois de uma ida à casa de banho ou de uma viagem em transportes públicos, na chegada a casa após um dia de trabalho e em visitas a doentes internados em hospitais (antes e após a visita).

Por outro lado, é fundamental tomar antibióticos apenas nas situações adequadas e se forem prescritos por um médico. É que os antibióticos destinam-se ao tratamento de infeções causadas por bactérias – não atuando sobre infeções causadas por vírus, como constipações e gripe, por exemplo. E algumas bactérias, ao multiplicarem-se, sofrem mutações que as tornam resistentes aos antibióticos, pelo que estes deixam de atuar. Assim, quanto mais um antibiótico for utilizado, maior é a possibilidade de resistência à sua ação.

As unidades da rede Hospital da Luz assinalam o Dia Mundial da Higiene das Mãos com atividades dirigidas aos seus profissionais e aos cidadãos em geral, visando consciencializar todos para a adequada higiene das mães e a correta utilização de antibióticos.

undefined