Mário Nora e Mariana Monteiro vencem Prémio Carregosa/Ordem dos Médicos

A equipa liderada por Mário Nora, diretor do Serviço de Cirurgia Geral do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV), venceu a 3.ª edição do Prémio Banco Carregosa/Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos em investigação clínica, com um trabalho que abre portas a uma mudança de paradigma no tratamento dos doentes diabéticos obesos, com inerentes ganhos para a saúde. O prémio, no valor de 20 mil euros e que vai ser reinvestido na continuação da investigação, foi entregue ao cirurgião e à médica endocrinologista Mariana Monteiro, numa cerimónia realizada no passado dia 23 de maio (na foto, em cima).

A investigação agora premiada consistiu no estudo dos efeitos antidiabéticos de uma técnica cirúrgica bariátrica inovadora – o bypass metabólico –, concebida e implementada no Hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira (que integra o CHEDV). Resultante da estreita colaboração entre o CHEDV e um grupo de investigação molecular do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto, liderado pela endocrinologista Mariana Monteiro, esta investigação permitiu demonstrar que a cirurgia em questão modifica a anatomia das células produtoras de hormonas antidiabéticas no intestino, potencia a sua libertação para a corrente sanguínea e aumenta a probabilidade de remissão clínica da diabetes.

«A cirurgia bariátrica é capaz de prevenir a diabetes e suas complicações, ou mesmo induzir remissão prolongada da doença numa magnitude superior ao expectável para a perda de peso», explica Mário Nora. «Hoje sabe-se que as hormonas gastrointestinais têm um papel fundamental no efeito antidiabético da cirurgia. Até agora, porém, o impacto das diferentes técnicas cirúrgicas no perfil hormonal e no controlo da diabetes ainda não era suficientemente conhecido para permitir uma escolha personalizada da técnica mais adequada para cada doente», acrescenta.

Mário Nora é cirurgião do Hospital da Luz Arrábida desde a abertura da unidade e Mariana Monteiro é aqui médica endocrinologista desde 2010.

O Centro de Tratamento Cirúrgico de Obesidade do Hospital da Luz Arrábida é uma das unidades do país reconhecidas nesta área pela Direção-Geral da Saúde. Em 2018, realizou 123 cirurgias bariátricas.