O que é e como prevenir o aneurisma da aorta

O que é e como prevenir o aneurisma da aorta

Carlos Moura, cirurgião vascular do Hospital da Luz Lisboa, explicou no programa da SIC ‘Dr. Saúde’, emitido a 18 de setembro, as principais causas e formas de prevenção do aneurisma da aorta. «É decisivo o diagnóstico precoce, através de ecografia abdominal, sobretudo no caso de homens com 65 a 70 anos e fumadores», pois a rutura de um aneurisma na aorta é fatal em mais de 50% dos casos, como salientou o médico especialista (à direita, na foto em cima).

A aorta é a maior artéria do corpo humano e transporta o sangue, rico em oxigénio, do coração ao resto do organismo. O aneurisma consiste numa dilatação nas paredes da aorta, que vai progressivamente aumentando ao longo dos anos, enfraquecendo essa zona e correndo o risco de romper. A doença afeta mais os homens, entre os 65 e os 70 anos e fumadores: «A seguir ao cancro do pulmão, o aneurisma da aorta é a patologia mais associada ao tabagismo», explicou ainda o cirurgião vascular do Hospital da Luz Lisboa.

Outros fatores de risco, além da idade e do tabaco, são a hipertensão, a aterosclerose e a hereditariedade (um em cada cinco familiares de um doente com aneurisma da aorta tem também a doença). O exame de rastreio deve ser feito precocemente, pois o aneurisma da aorta é ‘silencioso’, ou seja, não tem sintomas específicos, sendo geralmente descoberto em exames de rotina ou realizados por outras razões clínicas. Em termos de tratamento, as abordagens possíveis são a cirurgia clássica (para retirar a zona da artéria enfraquecida e em risco de romper, substituindo-a por uma prótese vascular) ou a endovascular (colocação de uma endoprótese, por dentro da aorta, através de pequenas incisões nas artérias femorais).

Veja aqui a participação de Carlos Moura no programa ‘Dr. Saúde’, apresentado por Pedro Lopes