«A morte é um dia que vale a pena viver»

Autora de um verdadeiro best-seller, publicado no Brasil na sequência de uma aclamada palestra da médica na TEDx sobre o tema da morte, Ana Cláudia Quintana Arantes estará no auditório do Hospital da Luz Lisboa no próximo dia 23, a partir das 18h00, onde a sua obra será apresentada pela médica Isabel Galriça Neto, coordenadora da Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital da Luz Lisboa.

Isabel Galriça Neto, que escreveu o prefácio desta edição portuguesa de «A Morte é um Dia que Vale a Pena Viver», foi, aliás, quem em Portugal pela primeira vez falou em cuidados paliativos, tendo sido precursora da sua implementação no nosso país e continuando, até hoje, a defender a promoção e desenvolvimento deste tipo de cuidados.

No dia 23 de janeiro, numa sessão aberta ao público, o Hospital da Luz Lisboa e a Oficina do Livro/Leya Editora convidam todos aqueles que quiserem ouvir Ana Cláudia Quintana Arantes e Isabel Galriça Neto falar de «A Morte é um Dia que Vale a Pena Viver».

 

23 janeiro | Auditório do Hospital da Luz Lisboa (piso 0) | 18h00