Curso básico de cuidados paliativos esgotou e foi muito elogiado

O auditório do Hospital da Luz Lisboa esteve lotado durante três dias, no âmbito de mais um Curso Básico de Cuidados Paliativos realizado pela respetiva Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos (UCCP). Entre 13 e 15 de março, cerca de 100 profissionais de diversas áreas – como médicos, enfermeiros, psicólogos, técnicos de serviço social, fisioterapeutas e outros técnicos superiores de saúde – realizaram este curso que já vai na 11ª edição, sempre com reações muito positivas.

Nestes três dias de intenso trabalho, foram abordados os princípios e filosofia dos cuidados paliativos, os princípios gerais do controlo de sintomas, como a dor, náuseas ou delirium, a comunicação com o doente e família, os cuidados e as questões éticas em fim de vida, as necessidades espirituais, luto, prevenção de burnout e trabalho em equipa, entre outros temas. «Saio daqui com mais meios para lidar com doentes nesta situação, que é difícil. Obrigada pela vossa partilha, que me fez crescer» – salientou uma fisioterapeuta durante o painel de encerramento do curso.

«Pelas intervenções que fizeram e pelas opiniões manifestadas, o que os participantes valorizaram mais foi, de facto, a experiência que lhes transmitimos, ou seja, a autenticidade deste curso», sintetiza Nélia Trindade, enfermeira coordenadora da equipa de enfermeiros de cuidados continuados e paliativos da UCCP. «As pessoas gostaram que partilhássemos a nossa experiência, que é, a nível hospitalar, das mais antigas do país», acrescenta Carlos Rodrigues, enfermeiro responsável da equipa de enfermeiros de cuidados paliativos desta unidade. E, ao verem como aqui se trabalha em equipa, «perceberam como é importante nesta área haver um grande entrosamento entre os profissionais, refletido ao nível de conteúdos, conhecimentos, forma de trabalhar e até de estar».

«Este curso existe porque há doentes com necessidades específicas e profissionais com lacunas na sua formação», salienta ainda Nélia Trindade. Por isso, este é o primeiro curso de 2019 de um programa de formação contínua que a UCCP do Hospital da Luz Lisboa realiza anualmente, procurando abranger diversos âmbitos e profissionais. O próximo curso realiza-se já a 4 e 5 de abril, destinado especificamente a auxiliares de ação médica – uma formação pioneira em Portugal e que pretende abranger os profissionais que trabalham mais diretamente com os enfermeiros e que passam também muito tempo com doentes, familiares e acompanhantes nas unidades de cuidados continuados e paliativos.

Na foto em cima, alguns dos elementos da equipa da UCCP que organizam e intervêm nestes cursos: Carlos Rodrigues, Inês Romero, Nélia Trindade, Marta Pavoeiro de Sousa, Cristina Moreira, Patrícia Balão e Isabel Galriça Neto. Foram também oradoras no Curso Básico de Cuidados Paliativos Ana Guedes, Catarina Mota, Filipa Ascensão, Luísa Gonçalves, Rita Abril e Rita Santos Silva.

Inscrições no curso Cuidados Paliativos para Auxiliares de Ação Médica