Caso especial de cirurgia robótica no Hospital da Luz publicado na Acta Urológica Portuguesa

Revista da Associação Portuguesa de Urologia publica artigo científico de médicos do Hospital da Luz Lisboa.

A ‘Acta Urológica Portuguesa’, revista oficial da Associação Portuguesa de Urologia, publicou na edição de julho passado um artigo científico de Bruno Graça, Rui Formoso, Miguel Lourenço e Kris Maes, equipa de médicos urologistas do Hospital da Luz Lisboa. No artigo, intitulado ‘Nefrectomia Parcial Robótica de Tumor Endofítico: Técnica e Resultado’, os autores descrevem o caso especial de uma doente operada a um tumor no rim através de cirurgia robótica.

«A nefrectomia parcial robótica tem resultados oncológicos similares a via aberta ou laparoscópica, com menor hemorragia, dor e tempo de internamento comparativamente à via aberta. A via robótica permite cirurgia renal complexa de modo seguro e com curva de aprendizagem menos longa que a via laparoscópica», concluem os médicos, após descrição e análise do caso. «Estudos com seguimento a longo prazo são necessários para avaliar com maior evidência os resultados oncológicos e funcionais e estabelecer definitivamente a nefrectomia parcial robótica como ‘standard of care’», acrescentam.

O artigo pode ser lido aqui.

Recorde-se que, em maio deste ano, o Hospital da Luz foi certificado pela Associação Europeia de Urologia enquanto centro de treino em cirurgia robótica urológica (ERUS Reference Training Center). É o primeiro centro da Península Ibérica com esta acreditação de excelência, juntando-se a outros 29 existentes na Europa, passando a poder dar também formação (Fellowship) nesta área a profissionais de outros países. Os centros de Uro-Oncologia e de Cirurgia Robótica e Minimamente Invasiva do Hospital da Luz Lisboa são coordenados por Kris Maes.