Os cuidados que os doentes ostomizados devem ter

Carlos Rodrigues, enfermeiro responsável da Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos do Hospital da Luz Lisboa, participou no programa da SIC ‘Dr. Saúde’, de 10 de julho, dedicado à ostomia – um procedimento cirúrgico que consiste em fazer um orifício (estoma) num órgão (no intestino grosso, por exemplo), através do abdómen, para fazer drenar o respetivo conteúdo para um saco exterior.

Os estomas podem ser temporários e encerrados ao fim de um certo período, mas também podem ser definitivos, como é o caso dos doentes sujeitos a ileostomia, uma cirurgia que elimina parte do intestino delgado e desvia o trânsito intestinal para o saco exterior. O enfermeiro do Hospital da Luz Lisboa explicou como deve ser feita a colocação e substituição dos sacos no estoma, qual o aspeto que este deve ter (uma cor rosada) e os cuidados essenciais de limpeza e hidratação da pele. 

O programa incluiu ainda testemunhos de doentes ostomizados que relataram o impacto desta cirurgia nas suas vidas, não só do ponto de vista físico como psicológico. «Ainda antes da ostomia, é importante que a pessoa seja preparada para o que vai acontecer. A partilha da informação não pode ser feita de forma crua, sendo importante apresentar um plano a curto prazo e explicar quais sãos os objetivos. Acima de tudo, é fundamental garantir ao doente que nunca será abandonado», salientou Carlos Rodrigues.

A participação no programa pode ser vista aqui