Voltar

Doenças da próstata

 

A próstata é um órgão masculino, localizada abaixo da bexiga e atravessado pela uretra, o canal que conduz a urina da bexiga para o exterior. 

Quando saudável, a próstata tem um tamanho aproximado de uma noz e a sua função é a produção de um líquido que entra na composição do esperma.

Que doenças podem afetar a próstata?

As doenças que afetam a próstata podem ser: agudas ou crónicas; sintomáticas ou “silenciosas”.  De uma forma geral podemos falar de três tipos de doenças que podem afetar a próstata:

  • Prostatite aguda
  • Hiperplasia benigna da próstata
  • Cancro da próstata

Prostatite aguda

É a chamada infeção da próstata.

Por norma os sintomas aparecem de um dia para o outro e interferem bastante na qualidade de vida do doente.

As queixas habituais são a dificuldade em iniciar a micção, jato fraco com necessidade de esforço abdominal, associado a algum ardor urinário, sensação de peso na bexiga ou no períneo e por vezes febre alta (>38º C).

O diagnóstico é clínico, ou seja, baseado em sintomas, e o tratamento é efetuado com medicação antibiótica e anti-inflamatória.

Hiperplasia benigna da próstata

Ao longo da vida, a próstata aumenta gradualmente de volume. 

Os sintomas podem surgir a partir dos 40 anos, sendo mais frequente a partir dos 50 anos, afetando uma média de dois em cada três homens a partir desta faixa etária.

O aumento do volume ou a pressão exercida pela próstata sobre a uretra pode levar ao aparecimento gradual de sintomas urinários crónicos, tais como:

  • Dificuldade e hesitação em iniciar a micção, jato fraco com necessidade de esforço abdominal e/ou interrompido, gotejamento ao final da micção.
  • Sensação de que não esvazia completamente a bexiga após a micção e perdas de urina
  • Pode surgir a necessidade de urinar mais vezes que o habitual, de se levantar durante a noite para urinar e surgir uma vontade súbita e urgente de urinar.

O tratamento varia conforme a gravidade e a interferência na qualidade de vida de cada homem e pode passar simplesmente pela vigilância e mudança dos estilos de vida (redução da ingestão de líquidos), por medicação oral ou cirurgia para remoção da porção interna da próstata que se encontre a obstruir a uretra.

Cancro da próstata

O carcinoma da próstata é a segunda causa de morte por cancro nos homens a seguir ao cancro pulmão.

Diz-se que é um tumor maligno silencioso, o que significa que só dá sintomas em fases avançadas da doença.

A suspeição do diagnóstico é levantada perante os níveis elevados do PSA (antigénio específico da próstata) no sangue, e/ou toque da próstata por via retal.

A confirmação da suspeita realiza-se através de biópsia prostática de forma a confirmar ou a excluir este diagnóstico.

O tratamento do cancro da próstata depende da fase da doença e pode passar por vigilância, medicação, cirurgia ou radioterapia.

A cirurgia da próstata realizada com abordagem minimamente invasiva convencional ou através de cirurgia robótica, permite alcançar excelentes resultados terapêuticos para os doentes, permite uma rápida recuperação e apresenta menos efeitos colaterais.

Prevenção

Vigilância informada

Deve apostar-se numa atitude preventiva em relação às doenças da próstata.

A partir dos 40-50 anos, consulte o seu médico assistente ou um urologista e informe-se sobre as atitudes que deve tomar para ter uma vida saudável!

 

José Preza Fernandes

Urologista, Hospital da Luz

 

Nos hospitais e clínicas da rede Hospital da Luz, pode encontrar médicos especialistas em urologia e realizar os exames que sejam necessários para a sua situação. Conheça os médicos de urologia desta unidade da rede Hospital da Luz.