Hospital da Luz Learning Health associa-se à Gulbenkian em aceleradora de startups

O Hospital da Luz Learning Health é o novo parceiro da edição de 2020 da MAZE-X, a aceleradora europeia criada pela Fundação Gulbenkian, que tem base em Lisboa e trabalha exclusivamente com startups de base tecnológica, cujas soluções contribuam para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. 

Esta nova parceria vai permitir ao Hospital da Luz Learning Health trabalhar em proximidade com soluções inovadoras nas áreas da prestação e gestão de cuidados de saúde, com especial foco na formação de profissionais, investigação e simulação. A participação na MAZE-X coincide com a aposta da Learning Health no futuro centro de simulação do novo Hospital da Luz Lisboa, um investimento de mais de três milhões de euros do Grupo Luz Saúde, que conta com o apoio de fundos europeus. 

Ao integrar a MAZE-X, o Hospital da Luz Learning Health terá acesso a startups inovadoras de toda a Europa na área da saúde, cujas soluções tenham um impacto social e ambiental integrado no seu modelo de negócio. 

A MAZE-X foi criada pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundações Edmond de Rothschild. A PLMJ Sociedade de Advogados é fundadora da MAZE-X e parceira corporate, prestando apoio estratégico e legal. O BNP Paribas é parceiro da MAZE-X desde a primeira edição e tem testado soluções inovadoras de impacto dentro do banco. A MAZE-X está localizada na Casa do Impacto, um espaço dedicado a startups de impacto social e ambiental no Convento de São Pedro de Alcântara, que resulta da parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

A MAZE-X teve a primeira edição em 2019 e é uma aceleradora de noves meses que disponibiliza acesso a capital, competências e network a startups que estão a resolver desafios sociais e ambientais através dos seus negócios. O programa foca-se no desenvolvimento de projetos-piloto com empresas que atuam como plataformas de teste para os bens ou serviços das startups, as quais recebem, por sua vez, um valioso feedback dos clientes e do mercado. O programa conta ainda com um roadshow internacional, no qual as startups apresentam as suas soluções em várias cidades europeias.