Oftalmologia do Hospital da Luz com forte participação no congresso mundial

O Serviço de Oftalmologia do Hospital da Luz Lisboa teve uma forte participação no Congresso Mundial de Oftalmologia, que decorreu em Barcelona, entre 16 e 19 de junho. O trabalho de investigação da médica oftalmologista Rita Dinis da Gama foi mesmo considerado um dos 50 melhores apresentados no congresso, enquanto Filomena Ribeiro participou como oradora convidada num ‘meeting’ especial sobre cirurgia da catarata (‘Experts in IOL Power Calculation’), juntamente com Warren Hill (Surgery Center of Gilbert, Arizona) e Jaime Arramberri (Unidad de Cirurgia Refractiva de Inova Ocular Begitek, San Sebastián).

Este foi o 36.º Congresso Mundial de Oftalmologia, tendo reunido cerca de 10 mil profissionais desta área, oriundos de todos os continentes. A equipa do Hospital da Luz Lisboa integrava Filomena Ribeiro, diretora do Serviço de Oftalmologia, Bernardo Feijó, Rita Dinis da Gama e Sofia Filipe (enfermeira do bloco operatório), que realizaram, a convite da organização, nove palestras. Moderaram e organizaram ainda simpósios sobre cirurgia da presbiopia, biometria, complicações da cirurgia da catarata e estrabismo e um workshop de discussão de casos complexos.

Apresentaram igualmente três trabalhos de investigação desenvolvidos no Hospital da Luz Lisboa: ‘Predictibilidade de diferentes calculadores para minimizar o astigmatismo’, ‘As camadas retinianas internas da megalopapila medidas por tomografia de coerência ótica’ e ‘Efeito a longo prazo da toxina botulínica na esotropia precoce e tardia’. Foi este último, que incide sobre a toxina botulínica no tratamento de estrabismos infantis, tendo sido realizado por Rita Dinis da Gama e pela técnica Joana Costa, que foi considerado um dos ‘50 Outstandings’ trabalhos do congresso.

Na foto em cima, Filomena Ribeiro e Sofia Filipe.