Tumores da próstata e tumores neuroendócrinos: workshop sobre novos métodos de diagnóstico e terapêutica

O Hospital da Luz Lisboa realiza, no próximo dia 19 de maio, um workshop sobre novos métodos de diagnóstico e terapêutica (‘teranóstico’) em tumores da próstata e em tumores neuroendócrinos. Este curso, que pretende ser eminentemente prático, tem organização de Rosário Vieira (médica coordenadora do Serviço de Medicina Molecular do Hospital da Luz Lisboa) e destina-se a médicos especialistas, internos, técnicos e enfermeiros que trabalham nas áreas de Medicina Nuclear, Oncologia, Endocrinologia, Cirurgia Geral, Urologia e Radioterapia.

O termo ‘teranóstico’  é usado para designar a combinação das técnicas de diagnóstico e de terapêutica tumoral: através da obtenção de imagens de corpo inteiro com equipamentos de PET-CT e usando radiofármacos específicos para estudar um determinado órgão ou sistema ou uma determinada patologia, identifica-se a melhor terapêutica para tratar essa ‘específica patologia tumoral’, concretizando assim o princípio da ‘bala mágica’ de Erlich. Com efeito, através dessas técnicas de imagem e utilizando moléculas com marcadores radioativos, os especialistas de medicina nuclear caracterizam e quantificam processos biológicos que ocorrem a nível celular e molecular no corpo humano – ou seja, marcam as células afetadas nas áreas do corpo onde a doença está presente. E as novas moléculas podem ser marcadas com radionuclídeos, cujo espectro de emissão tem efeito terapêutico dirigido às células alvo.

«Neste workshop, pretende-se melhorar a comunicação entre as diferentes áreas de conhecimento envolvidas e assegurar à comunidade científica o acesso às novas modalidades terapêuticas, tendo sempre em vista o tratamento adequado e a melhoria da sobrevivência destes doentes», salienta Rosário Vieira. Relativamente aos tumores da próstata, «o objetivo é tentar chegar a um consenso sobre as técnicas de imagem a utilizar». No programa dedicado aos tumores neuroendócrinos, serão abordados casos clínicos e temas como a heterogeneidade destes tumores cujo conhecimento e sua demonstração por imagem é determinante para conduzir uma terapêutica eficaz, espelhando as vantagens práticas da medicina personalizada.

Na parte do programa dedicada à terapêutica do carcinoma da próstata avançado, o destaque vai para Thomas Langbein, da Zentralklinic Bad Berka, na Alemanha, pois o tema que vai abordar consiste na demonstração prática nesta área do conhecimento do conceito de ‘teranóstico’. O painel de oradores deste workshop conta com especialistas com vasta experiência do Hospital da Luz Lisboa, do Hospital Beatriz Ângelo, do British Hospital, dos Institutos de Oncologia de Coimbra, Lisboa e Porto, do Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra e do Centro Hospitalar Lisboa Norte, entre outros.

Mais informações e inscrições no workshop ‘Teranóstico nos tumores da próstata e tumores neuroendócrinos' neste link.