Reguladora da Saúde reconhece excelência clínica do Hospital da Luz Arrábida

O Hospital da Luz Arrábida obteve a classificação máxima de excelência clínica nas áreas de ortopedia (artroplastias totais da anca e do joelho) e de ginecologia (histerectomias), de acordo com o relatório do Sistema Nacional de Avaliação em Saúde (SINAS) elaborado pela Entidade Reguladora da Saúde. A classificação máxima (três estrelas) na avaliação de ‘Excelência clínica’ é atribuída por esta entidade quando os resultados são superiores aos da média obtida pelo conjunto dos prestadores de serviços de saúde.

De referir ainda que as áreas de cirurgia cardíaca (revascularização do miocárdio e cirurgia valvular), cirurgia geral (cólon) e obstetrícia (partos e cuidados pré-natais) do Hospital da Luz Arrábida obtiveram também uma classificação superior em termos de excelência clínica. A avaliação feita no que diz respeito à adequação e conforto das instalações registou a classificação máxima.

O SINAS é um sistema de avaliação da qualidade global dos estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde desenvolvido pela ERS, tendo por base valores de rigor, transparência e objetividade. O relatório agora divulgado refere-se ao período compreendido entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2016, tendo o respetivo relatório sido concluído em dezembro de 2017.