Controlo da dor pélvica e bexiga hiperativa: novo tratamento no Hospital da Luz Arrábida

As equipas do Serviço de Urologia e da Unidade de Tratamento de Dor do Hospital da Luz Arrábida colocaram, no passado dia 1 de abril, o primeiro dispositivo de estimulação medular sagrada. Este tratamento foi aplicado a uma doente com bexiga hiperativa, associada a dor pélvica crónica e com necessidade muito frequente de esvaziamento vesical, para alívio das queixas.

Após um estudo detalhado sobre as possíveis causas para esta situação clínica, decidiu-se avançar para a estimulação elétrica da zona sagrada, para avaliar da sua eficácia. Este procedimento consiste na introdução de um elétrodo num orifício  do osso sagrado (base da coluna vertebral), junto à principal raiz nervosa responsável pelo controlo da bexiga.

Após quatro semanas de teste, para avaliar a eficácia do tratamento, e tendo-se verificado uma melhoria da situação clínica da doente (com diminuição significativa da dor e menor necessidade de esvaziamento vesical), foi decidido avançar com o implante definitivo do dispositivo de estimulação medular sagrada. Este tratamento traduziu-se igualmente numa melhoria importante da qualidade de vida diária desta doente.

Para mais informações sobre este tratamento ou marcação de Consulta da Dor, pode utilizar qualquer um dos nossos canais (app, site, uma das nossas receções ou o telefone 223 776 800).

Saiba mais sobra a Unidade da Dor e tratamentos