Dia Mundial da Sepsis

O Dia Mundial da Sepsis, que se assinala a 13 de setembro, é uma iniciativa da Global Sepsis Alliance, desde 2012.

A sepsis é a designação atribuída às infeções graves, causadas principalmente por bactérias. Estima-se que a cada três a quatro segundos alguém morra no mundo com sepsis, mas a maioria das pessoas desconhece o que é e que a sua deteção e tratamento precoces são fundamentais.

A prevenção da sepsis é uma tarefa de todos. Por exemplo, é muito importante a lavagem das mãos antes de comer, após utilizar as casas de banho ou ao chegar a casa, depois de frequentar lugares públicos.

A vacinação anual contra a gripe e outras doenças é fundamental, sobretudo se pertencer aos chamados grupos de risco: ter mais de 65 anos, sofrer de uma doença crónica (como diabetes, doenças do coração ou pulmões, tumores, entre outras) ou tomar medicação causadora de fraqueza imunológica. Consulte o seu médico para uma vacinação adequada.

Saber atuar numa situação de febre também é importante. A maioria das causas de febre não são infeções causadas por bactérias, mas sim por vírus. E nesse caso não se devem tomar antibióticos, mas sim medicamentos para baixar a temperatura, como paracetamol.

Deve tomar especial atenção e contactar a Linha SNS 24 (808 24 24 24) nas seguintes situações em que tenha febre e antes de se dirigir ao hospital:

  • dores de cabeça fortes com vómitos ou sonolência;
  • dores de garganta ou ‘inchaço’ na cara e não conseguir abrir a boca, babar-se ou ter falta de ar;
  • falta de ar acompanhada de expectoração ou tosse seca;
  • dores de barriga, não ter vontade de comer e até apresentar olhos amarelos ou urina com ‘cor de vinho do Porto’;
  • sentir-se a desmaiar.

Saiba mais sobre o Dia Mundial da Sepsis aqui