Hospital da Luz Setúbal no St. Peter’s de Palmela

A propósito do Dia Mundial do Coração, o Hospital da Luz Setúbal realizou, entre 26 e 29 de setembro, ações de informação e formação para professores, alunos e pais no St. Peter’s International School, em Palmela, sobre doenças cardiovasculares, cadeia de sobrevivência e suporte básico de vida em situações de emergência.

As sessões – realizadas por uma equipa de dois médicos, quatro enfermeiros e uma técnica de cardiologia, coordenada por José Ferreira Santos, diretor clínico do hospital, e Miguel Veríssimo, enfermeiro diretor – abrangeram os alunos de todos os ciclos de ensino (do 1º ao 12º ano). Os alunos receberam informações diversas: causas das doenças cardiovasculares, situações em que se deve pedir ajuda para o 112, que tipo de respostas se deve estar preparado para dar a este serviço de emergência nacional e a importância da cadeia de sobrevivência para salvar vidas. Puderam ainda praticar em manequins as manobras de suporte básico de vida.

Na linha da ideia lançada pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia, de que os portugueses assumam compromissos de mudança de estilo de vida para proteger os seus corações e prevenir doenças cardiovasculares, os alunos foram desafiados a tomarem pequenas decisões que contribuem para uma vida mais saudável (comer mais fruta e legumes, subir escadas e jogar futebol na escola, por exemplo). Os profissionais do Hospital da Luz fizeram ainda um questionário – que abrangeu 518 dos cerca de 1.200 alunos do St. Peter’s – sobre hábitos de vida e alimentação, cujas conclusões foram apresentadas aos pais e encarregados de educação durante uma conferência.

Na foto, o coração que os alunos formaram no campo de jogos da escola, iniciativa a que o Hospital da Luz Setúbal se associou.